IMG_7187Quando eu era pequena sempre via nos aniversários – em especial dos adultos – um bolo coberto por lascas de chocolate e bolinhas vermelhas, que instigavam meus dedinhos a roubarem sorrateiramente tanto um, quanto outro. Quando eu conseguia, a decepção se pronunciava mais uma vez em meus dedos melados, buscando a qualquer custo aquela bola vermelha, com gosto dos antibióticos que eu tomava, dentro da minha boca. E o chocolate (?) –     que só conseguia me deixar mais arrependida por ter destruído o bolo alheio!

O Bolo Floresta Negra então passou a ser deixado totalmente de lado a cada festa que eu ia. Se uma tia com o dente sujo de batom vinha me servir, eu pegava o bolo (tinha vergonha de negar uma delicadeza tão grande quanto dividir um pedaço de bolo de aniversário) e jogava na primeira plantinha que eu via. Coitada da planta… bom, antes ela, que eu!

A verdade é que preparos desleixados de uma combinação tão incrível como chocolate, cereja e creme, deixaram a reputação do bolo Floresta Negra lá embaixo e por isso, nada mais justo do que dar uma moral para a receita de quase 100 anos de idade!

IMG_7342

Essa semana o Essência valoriza a criação alemã do Schwarzwälder kirschtorte com três receitas espetaculares que utilizam o chocolate, as cerejas e o creme preparados com respeito e principalmente muita qualidade!

A primeira receita que apresento é a versão clássica do bolo Floresta Negra, sem grandes invenções e com um grau de dificuldade fácil! Esse é o bolo para ser feito, comido, elogiado, repetido e então, para morrer de amores!

IMG_7308

Depois, apresento uma bavaroise – quase irmã da panna cotta – de chocolate com cerejas maceradas em vinho tinto e kirsch.

IMG_7239

Por fim, como não podia deixar de ser, criei uma torta Floresta Negra com base de brownie feito com cerejas frescas e creme de avelã, decorada com chantilly e cogumelos de chocolate. Caso o bolo tradicional não funcione, acho que pode ser uma boa opção para reconquistar os paladares, que um dia, como eu, sofreram uma baita desilusão! Mas essa é surpresa para o fim de semana, então, aguenta a curiosidade!

E claro, não poderia faltar música, que sempre deixa tudo muito melhor! Já imagino você, finalizando um bolo e cantarolando Wind of Change da playlist dedicada à Floresta Negra! Imperdível!!!!

Espero que aproveite!

Ah, não esqueça de seguir o Essência nas redes sociais – e, qualquer dúvida só deixar nos comentários ou enviar um email!

Delicie-se!!!

PicMonkey Collage

Comments

comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *